Ir direto ao conteúdo
Bernoulli - Colégio
Gestão Escolar

Princípios básicos da avaliação

Muito além da prova, a avaliação pode ser definida como um meio para diagnosticar os processos de ensino aprendizagem a fim de medir a qualidade educacional, sempre com o intuito de embasar ações pedagógicas intencionais e capazes de promover a evolução integral do estudante.

Por: Bernoulli | Em: 20/02/2023

Ao planejarmos uma aula, projeto ou sequência didática, esperamos que, ao final, os estudantes tenham atingido os objetivos de aprendizagem previstos para cada momento de sua formação. Para o Bernoulli Sistema de Ensino, é essencial que o ato de planejar inclua refletir sobre as avaliações. Assim, nesta segunda edição do (IN)formação, vamos abordar os processos de Avaliação. 

 

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), lei 9.394/96, que estabelece as principais regulamentações gerais da Educação Básica do Brasil, nos traz um ponto importante sobre o processo de avaliação da aprendizagem para o Ensino Fundamental e Médio no inciso V do artigo 24:

 

a) avaliação contínua e cumulativa do desempenho do aluno, com prevalência dos aspectos qualitativos sobre os quantitativos e dos resultados ao longo do período sobre os de eventuais provas finais; (BRASIL, 1996).

 

Além disso, para a Educação Infantil, no artigo 31, inciso I, a legislação prevê uma “avaliação mediante acompanhamento e registro do desenvolvimento das crianças, sem o objetivo de promoção, mesmo para o acesso ao ensino fundamental” (BRASIL, 1996). 

 

Assim, é possível perceber que a legislação base para a Educação Básica brasileira possui dominância de uma concepção formativa da avaliação ao enfatizar a importância do acompanhamento do desenvolvimento em detrimento de um produto final. Há uma dimensão processual da avaliação capaz de acompanhar de perto o estudante, entendendo o momento de aprendizagem individual e coletivamente, possibilitando intervenções pedagógicas assertivas após o processo avaliativo. 

 

Muito além da prova, a avaliação pode ser definida como um meio para diagnosticar os processos de ensino aprendizagem a fim de medir a qualidade educacional, sempre com o intuito de embasar ações pedagógicas intencionais e capazes de promover a evolução integral do estudante. Trata-se de um processo complexo de coleta, síntese e interpretação dos dados objetivos no dia a dia da sala de aula. 

 

Por fim, é muito importante que os processos de avaliação caminhem com o planejamento pedagógico em suas várias camadas e apoiem o desenvolvimento de ações intencionais capazes de interferir na evolução individual do sujeito, oferecendo a oportunidade para que o docente também avalie seus objetivos e estratégias.

 

Como você estrutura suas avaliações? Quais modelos avaliativos você conhece e quais considera mais adequados para determinada(o) concepção pedagógica, segmento, componente curricular, série, eixo temático, conteúdo, projeto, metodologia? O que faz com que uma avaliação seja efetiva e confiável? Como a comunidade educativa da sua instituição está inserida nos processos avaliativos? Você prevê espaço no seu planejamento para intervenções pedagógicas resultantes dos processos de avaliação?

Avaliações Metodologia

Conteúdos relacionados