Ir direto ao conteúdo
Bernoulli - Colégio
Notícias

Colégio Bernoulli de Salvador é 1º lugar da Bahia no Enem pela terceira vez seguida

Unidade Bernoulli de Belo Horizonte conquista o 1º lugar do Brasil no Exame pela sexta vez, sendo 14 anos consecutivos entre os primeiros lugares

Compartilhe:

 

O Colégio Bernoulli de Salvador é 1º lugar geral da Bahia no Enem 2019. São três anos consecutivos no 1º lugar, conquistando o 28º lugar entre as melhores escolas do Brasil. A média das notas dos estudantes foi de 675,43 nas provas objetivas, de 868,26 na redação e de 714 na média geral (provas objetivas e redação).

 

Com três anos de fundação, a unidade em Salvador formou três turmas de 3ª série, e as três conquistaram o 1º lugar da Bahia no Enem, colocando o Colégio Bernoulli de Salvador na lista das melhores escolas do Brasil.

 

“Chegamos em Salvador em 2015 e esse desempenho consistente ao longo dos anos é fruto da dedicação dos nossos alunos e de todos que fazem o Bernoulli”, afirma Paulo Ribeiro, diretor pedagógico do Bernoulli Educação.

 

As primeiras colocações no Enem não são novidade no grupo. O Colégio Bernoulli de Belo Horizonte conquistou o 1º lugar do Brasil no Exame pela sexta vez, sendo 14 anos consecutivos entre os primeiros lugares, considerando as escolas com mais de 60 alunos participantes. A tabela completa de todas as escolas do país, com cálculo das notas por escola, baseada nos dados do Inep, pode ser conferida no site: https://enem.bernoulli.com.br/

 

Os resultados do Bernoulli são reais, sem qualquer artifício de formação de turmas de alto desempenho para garantir bom posicionamento no ranking, pois considera todos os alunos da 3ª série que prestaram o Enem.

 

“Mais importante do que ser o 1º lugar da Bahia, esse resultado é a confirmação de que estamos cumprindo nossa missão em preparar os jovens para que possam conquistar os próprios sonhos”, afirma Rommel Domingos, copresidente e diretor de ensino do Bernoulli Educação.

 

Diferentemente de muitos exames avaliativos, o Enem não é uma prova que avalia simplesmente se o aluno sabe ou não um conteúdo. Mais do que um conteúdo isolado de Matemática ou História, a prova do Enem avalia a coerência e o quanto o aluno se desenvolveu em relação aos conceitos apresentados.

 

Possibilitamos uma formação ampla, com visão crítica, articulação e desenvolvimento de habilidades cognitivas e socioemocionais, como autonomia, resiliência, capacidade de resolução de problemas e trabalho em equipe, sempre ancorada pelos valores que nortearão a construção de um mundo melhor por esses mesmos jovens”, analisa Rodrigo Domingos, copresidente do Bernoulli Educação.

 

Consistência e coerência — O Colégio Módulo faz parte do grupo Bernoulli Educação desde 2015 e conquistou o 3º lugar de Salvador nas provas objetivas; mais um resultado que comprova a excelência em todos os segmentos de atuação do grupo.

 

Resultados consistentes também no Bernoulli Sistema de Ensino — O Bernoulli Sistema de Ensino atua em todo o país, com mais de 560 escolas parceiras que utilizam as soluções educacionais, de formação continuada e de tecnologia. Com o resultado divulgado pelo Inep, 10 escolas parceiras do Bernoulli estão entre as 50 melhores escolas do Enem 2019.

 

Outro importante dado divulgado pelo Inep é o resultado da média das notas dos 30 melhores alunos por escola. Também nesse quesito, o Bernoulli logrou resultados impressionantes: o Colégio Bernoulli de BH conquistou o 1º lugar, e duas escolas parceiras ocupam o 2º (Instituto Dom Barreto, de Teresina-PI) e o 3º lugar (Colégio WR, de Goiânia-GO).

 

O Exame Nacional do Ensino Médio

O Enem é uma prova que não avalia apenas se o aluno domina ou não determinado conteúdo, ou se ele sabe aquela fórmula matemática. Mais do que isso, o Exame busca levar o estudante ao raciocínio crítico, lógico e argumentativo, que possibilite a inserção do conhecimento em diversas áreas.

 

O Enem foi criado em 1998 para avaliar o desempenho escolar no final da educação básica. Ao longo dos anos, passou por mudanças e, atualmente, colabora para o acesso à educação superior, por meio do Sisu, Prouni e convênios estudantis, como o Fies. Confira o histórico completo no site do Inep.

Conteúdos relacionados